Acesse nosso Facebook
     

Brasil

Polícia procura duas mulheres suspeitas de violar e queimar caixão de idosa

Avatar

Publicado

no dia

A Polícia Civil do Acre procura duas mulheres que teriam entrado no cemitério de Plácido de Castro, interior do estado, retirado o caixão de uma idosa e ateado fogo. O caso ocorreu em janeiro deste ano e a polícia suspeita de feitiçaria.

A idosa morreu no dia 8 de janeiro e foi sepultada no dia seguinte. Segundo a polícia, a mulher morreu de causas naturais. A família da idosa foi informada do caso no dia 20, quando o responsável pelo cemitério percebeu a violação.

“Parece que foi coisa satânica mesmo, mas não temos certeza ainda. Só vamos ter depois que ouvir as mulheres que foram lá. Uma pessoa disse que viu duas mulheres entrando, viu saindo e depois viu o fogo. Só pode ter sido elas”, complementou o delegado responsável pelo caso, Carlos Bayma.

O delegado acrescentou que ouviu cinco parentes da idosa. As duas suspeitas, segundo a polícia, teriam se mudado para a zona rural da cidade um dia depois a violação.

“Não tinham nenhuma ligação com a idosa que morreu. A família diz que nem conhece elas. O problema é que foram embora, sumiram. A pessoa que viu entrando está com medo, não quer aparecer, não quer dar depoimento”, lamentou.

Publicidade
Publicidade