Conecte-se conosco
 

Justiça

Justiça manda Prefeitura de Itapetininga indenizar idosa esquecida em posto de saúde

Avatar

Publicado

em

Notícia do G1 – A Justiça determinou, em segunda instância, que a Prefeitura de Itapetininga (SP) pague uma indenização de R$ 8 mil por danos morais a uma idosa que foi esquecida por três horas dentro de um posto de saúde, na Vila Mazzei, enquanto tomava medicação.

O caso foi em junho de 2018 e a família de Rosária da Conceição entrou com um processo contra a Prefeitura de Itapetininga. A decisão saiu nesta segunda-feira (2).

Em nota, a Prefeitura de Itapetininga disse que está ciente da decisão e irá tomar as medidas cabíveis.

A idosa, com 67 anos na época, foi esquecida dentro do posto de saúde da Vila Mazzei, em Itapetininga, enquanto tomava medicação.

De acordo com o neto da dela, Marcelo Augusto de Lima, a avó Rosária da Conceição foi até a unidade para tomar um medicamento que precisa para o tratamento contra anemia. Porém, a unidade fechou às 16h e ela foi deixada no local ainda com o medicamento.

“Ela ficou sozinha na sala e todo mundo foi embora. Ela foi tomar soro e a medicação demora. Até que a mãe de uma criança que estuda em uma creche ouviu os gritos de socorro e percebeu que o alarme tinha sido acionado”, contou.

Ainda segundo o neto, um enfermeiro que morava na mesma rua foi chamado e abriu o posto.

“Minha avó ficou muito assustada. Todos nós da família achamos um absurdo o que aconteceu. Uma idosa ser deixada é muito descaso”, ressaltou.