Conecte-se conosco
 

Política

Bancada de oposição pede abertura de inquérito para apurar valor da taxa de lixo

Avatar

Publicado

em

 Os vereadores Denilton Rocha (MDB), Edson José Bombonatti “Tambuzinho” (PSL), Mateus Scarso (MDB) e Nelson Soares (PR) protocolaram requerimento no Ministério Público Estadual, na tarde de quinta-feira, 24, no fórum da comarca, em Capivari.

O objetivo do documento é a solicitação para abertura de Inquérito Civil para apurar possível irregularidade no aumento da taxa de lixo no município.

A taxa de lixo foi criada pelo ex-prefeito Carlos Borsari.

Os parlamentares alegam que em 2019, a taxa de lixo teve aumento de mais 40%, sem justificativa que o sustente. O vereador Mateus Scarso (MDB) afirma que solicitou informações ao Poder Executivo, por meio de requerimento para informar a justificativa do elevado aumento e que considera insatisfatória a resposta. O vereador ainda ressalta que os documentos solicitados por meio do requerimento não foram enviados à Câmara Municipal sob alegação de se tratar de muitos documentos.

Os vereadores ainda esperam que através do Inquérito seja esclarecido “o motivo pelo qual foi mudado o destino do lixo da cidade de Rio das Pedras para Paulínia, pois isso gerou mais despesas para a população”, informa o texto do requerimento enviado ao MP. A distância entre Capivari e Paulínia é quase 3 vezes maior em relação à distância de Capivari a Rio das Pedras. “Como o serviço prestado pela empresa que efetua o recolhimento e transporte do lixo municipal é cobrado por quilômetro/tonelada, é claro que o serviço ficará mais caro levando-se o lixo para o aterro de Paulínia”, concordam os vereadores.