Acesse nosso Facebook




Região

Locação de impressoras na Prefeitura de Campinas pode estar superfaturada, diz vereador

Avatar

Publicado

no dia

Os centros de saúde de Campinas estão recebendo novas impressoras com materiais básicos para serem usados.

No total são 120 equipamentos locados pela Prefeitura através de um contrato de 30 meses firmado com a empresa da capital paulista DJ&3V Comércio e Sistemas Reprográfico.

Até ai tudo certo, mas, o que chamou a atenção do presidente da Comissão Permanente de Saúde da Câmara de Campinas, o vereador Pedro Tourinho, foi o valor do contrato de R$ 2,7 milhões. Para cada equipamento multifuncional com impressora laser e materiais básicos para impressão a Prefeitura está pagando R$ 2.200.

O parlamentar colocou a aquisição dos equipamentos sob suspeita de superfaturamento, pois, fez um levantamento no varejo de Campinas e encontrou o mesmo produto com valores muito inferiores.

Ele explicou que não é contra a locação de equipamentos, mas, é preciso que a Prefeitura esclareça os valores.

O parlamentar,explicou também que protocolou um requerimento de informação, mas não recebeu nenhuma resposta oficial.

Em nota encaminhada a reportagem a Prefeitura de Campinas informou que “tem convicção que agiu dentro das normas legais e está à disposição para prestar qualquer esclarecimento”

Publicidade

Mais lidas