Conecte-se conosco

Região

Balconista é preso em Sumaré por vender bebida alcoólica para menor

Avatar

Publicado

em

O balconista G.M.S., de 23 anos, foi preso pela Polícia Militar após vender bebida alcoólica para um adolescente de 15 anos no bar onde trabalha, no Parque Pavan, na região do Matão, em Sumaré, na madrugada de quarta-feira (08). Ele foi conduzido ao Plantão Policial, onde foi autuado em flagrante sob acusação de “entregar produtos cujos componentes que possam causar dependência”.


O delegado plantonista Pedro Sérgio Garcia Cortegoso arbitrou fiança no valor de R$ 2.000,00, mas ele não teria providenciado o pagamento e permanecia preso na Cadeia local até ontem, onde ficou até ser apresentado no Fórum para sua audiência de custódia. A garrafa de bebida alcoólica foi apreendida e será periciada pelo IC (Instituto de Criminalística) de Americana.


De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 3h da madrugada, o menor teria sido surpreendido pela PM carregando uma sacola com a bebida alcoólica. O adolescente teria confessado que pagou R$ 30,00 pela garrafa de vodka e apontou um bar improvisado em uma casa, que funciona 24 horas por dia.


Os policiais foram até ao local informado, onde teriam encontrado apenas o balconista, que teria confessado que vendeu a bebida ao menor. Os PMs conseguiram falar com o proprietário do estabelecimento, que teria informado que não possuía alvará para funcionamento noturno. Teria relatado ainda que as bebidas e alguns salgados são servidos através de uma porta lateral do estabelecimento.


O balconista foi levado ao Plantão Policial, onde foi autuado em flagrante. Já a responsabilidade do responsável pelo estabelecimento será apurada posteriormente, por meio de inquérito policial.

Publicidade